sexta-feira, 15 de outubro de 2010

88.º Aniversário de Agustina Bessa-Luís


«Não sei porque não se pode dissociar nas mulheres inteligência e malícia. Mas é assim. Um homem goza da fama de inteligente e é premiado com toda a espécie de honras; a mulher cai sob suspeita e oferecem-lhe um lugar de vigilante, para que se responsabilize por instituições como o casamento, as enfermarias e as escolas. E quando é um génio, a mulher vê-se ascender à categoria de relações-públicas, que é a maneira de ignorar os seus dons de conciliação, de justiça e de pura filosofia cósmica».

Agustina Bessa-Luís, Um Cão Que Sonha, Guimarães, pp 199-200

4 comentários:

Manuela Araújo disse...

Olá Josefa
Que bom ter lembrado o aniversário desta grande Senhora.
Ainda só li dois livros dela, mas deu para perceber que é um génio. E também já percebi, quando passou em Famalicão, que é de uma simplicidade e simpatia maravilhosas.
Parabéns a Agustina Bessa-Luís, que nos continue a fazer companhia por muitos anos.
E agora, que acabei de ver o Filme do Desassossego, vou tentar sossegar...
Beijinhos

Guakjas disse...

De lembrar também que hoje faria anos o grande Friedrich Nietzsche! 15 de Outubro de 1944.

Por falar em filme do Desassossego (comentário da Manuela) eu, infelizmente, não o vi. Cheguei lá e estava esgotado. Devia ter comprado pela internet mas o meu pai não me deixou. Agora paciência! Espero pelo DVD...

Maria Josefa Paias disse...

.
Olá Manuela,

É uma escritora e uma mulher e tanto! O seu estado de saúde é que já está tão periclitante que não tenho perdido nenhuma oportunidade para divulgar a obra, principalmente neste blogue, porque prefiro homenagear as pessoas em vida. Oxalá a triste notícia não esteja para breve e que continue com o conforto possível depois do AVC que lhe deixou tantas incapacidades :(
Está também a decorrer na Casa Fernando Pessoa a leitura integral de um livro dela, que divulguei no Restolhando.
Quanto ao Desassossego, como já falamos dele de outro modo, ficou dito:))

Obrigada e beijinhos.

Maria Josefa Paias disse...

.
Olá João (Guakjas),

Sabe o que vou fazer quanto ao meu querido Nietzsche? Como neste blogue tenho dezenas de pensamentos dele (e de Schopenhauer), e porque quero que a Agustina (neste blogue) e o Blog Action Day: ÁGUA (no outro blogue) fiquem assim durante 24 horas, e também porque tenho aqui à mão o livro "Para Além do Bem e do Mal", vou publicar no FB o seguinte pensamento: «Os homens da profunda tristeza denunciam-se quando são felizes: têm um modo de pegar na felicidade, como se quisessem esmagá-la e sufocá-la, por ciúme - ah, sabem bem demais que lhes foge!». Com a respectiva indicação da data do seu nascimento e morte, 15/10/1844-25/08/1900.

Quanto ao Filme do Desassossego, lamento que não o tivesse podido ver ainda para me dar a sua opinião, mas como nem sempre as compras através da Net são seguras, certamente que não faltarão oportunidades para o ver , nem que seja em DVD, como disse :)

Cumprimentos.