sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Rachmaninov - Russian Coral Music


Hoje, Dia Mundial da Música, dou primazia a um dos mais belos instrumentos: a voz humana. E este Grupo Coral Russo interpreta Rachmaninov de uma forma soberba.




8 comentários:

Paulo Lobato disse...

Olá Josefa,
Fazendo parte de um grupo coral, modesto é certo, gostei que nos tivesse trazido este fabuloso grupo para comemorar o dia mundial da música.
No fundo, em boa verdade, e dada a minha ausência prolongada, é também um bom pretexto para lhe deixar um abraço de amizade.

Bom fim-de-semana,
Paulo

Maria Josefa Paias disse...

.
Olá Paulo,

Acabei de receber o seu comentário e, contrariamente ao que tem sucedido ultimamente em que, por vezes, não tenho tido tempo sequer para responder, estou já aqui para lho agradecer e também por partilhar o gosto pelas vozes em grupos corais. De certeza que o seu também é bom :))

Reparei que, de facto, o seu blogue esteve algum tempo de férias. Aliás, aos meus, por vezes, também dou férias, mas são mais do género repartidas :)) Mas uma das razões para tal é que se tem mostrado mais fácil e rápido publicar no Facebook e outra é a completa falta de paciência para as nossas tragicomédias diárias.

Foi um óptimo pretexto para voltar e deixo-lhe também um abraço de amizade e votos de bom fim-de-semana :))
Josefa

P.S. Vou tentar pôr a leitura dos blogues dos amigos em dia.

Guakjas disse...

Sem música não vivíamos. Estou certo? É o motor de muita coisa! Quando estamos em baixo: música. Quanto estamos alegres: música.
Quando queremos mostrar algo a alguém: uma música às vezes diz tudo...

Cumprimentos Maria Josefa :)

Maria Josefa Paias disse...

.
Está certíssimo João (Guakjas), pelo menos no que me toca! Às vezes penso que se me obrigassem a escolher entre pão e música, escolheria esta. Morria de inanição, mas feliz :))

Abraço.

Eduardo Miguel Pereira disse...

Muito bonito, gostei.
Que seríamos nós sem a música ?
Eu que trabalho constantemente com os phones metidos, estaría perdido se não a tivesse.
Não consigo viver um dia sem música.

Maria Josefa Paias disse...

.
Eu também não, amigo Eduardo :))

Podem tirar-me tudo, mas deixem-me a música e os livros!

Abraço.

Manuela Freitas disse...

Maria Josefa,
Excelente peça musical e como dizia, Aldous Huxley "Depois do silêncio, aquilo que mais aproximadamente exprime o inexprimível é a música."
Manuela

Maria Josefa Paias disse...

.
Obrigada, Manuela, pela partilha.

Beijinho:))